Av. Olegário Maciel, nº 311 3º andar sala 304
CEP: 30180-110 - Centro - Belo Horizonte - MG
Tel: (31) 3271-8428 

 
Assembleia Geral da Confederação de Handebol

Assembleia Geral da Confederação de Handebol conclui primeiro dia

Reuniões seguirão até o próximo sábado (29) e incluem discussão de adequações do estatuto

Manoel Luiz Oliveira, presidente da CBhb

 

Aracaju (SE) - Presidentes das 27 Federações Estaduais, integrantes da Confederação Brasileira de Handebol e outros parceiros da modalidade deram início nesta quinta-feira (27) à Assembleia Geral da entidade, no hotel Mercure, em Aracaju (SE), cidade que abriga a sede da Confederação. 
 
No primeiro dia, os trabalhos foram iniciados com a apresentação do presidente da instituição, Manoel Luiz Oliveira, que falou sobre as conquistas mais recentes do handebol. A maior delas e a que mereceu mais destaque, certamente, foi o título inédito do Campeonato Mundial, disputado em dezembro de 2013, na Sérvia. Entre outras, que o Brasil ganha cada vez mais força no cenário internacional, com o desenvolvimento da Seleção Masculina, que alcançou o 13º lugar no Mundial da Espanha, em 2013, posto inédito na categoria, a escolha da armadora Eduarda Amorim como a melhor atleta do Mundial da Sérvia e de Bárbara Arenhart como a melhor goleira. 
 
Soma-se a tudo isso, o crescimento das competições nacionais, como a Liga Nacional, parcerias, convênios e a entrada do Banco do Brasil, que se junta aos Correios, como patrocinadores oficiais da modalidade. 
 
"Estamos vivendo um momento ímpar na nossa modalidade e temos muito a comemorar. Mas, ainda temos muito trabalho pela frente, pois estamos em um ciclo muito importante, que se encerra com os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Temos contado com a ajuda de importantes parceiros para que nossos objetivos sejam cumpridos e sempre temos o objetivo de melhorar. Vamos seguir trabalhando para isso", assegurou o presidente. 
 
Na sequência, o coordenador de arbitragem, Ésilo de Mello apresentou ações para desenvolver melhor e ampliar o trabalho da arbitragem no País. 
 
Por último, a empresa GA Negócios do Esporte, responsável pelo marketing esportivo do handebol, apresentou as ações que foram feitas para tornar, cada vez mais, a modalidade um bom produto para os patrocinadores. No ano passado, a entrada do Banco do Brasil, não somente como apoiador das Seleções ao lado dos Correios, mas também na Liga Nacional, foi um dos destaques, podendo proporcionar melhores condições e ajudando no desenvolvimento da modalidade. Além disso, a popularidade do handebol, por meio de redes sociais e do destaque na mídia, em transmissões da Rede Globo, em especial os canais SporTV, e reportagens também foram lembrados. 
 
As reuniões continuam nesta sexta-feira (28) e seguem até o próximo sábado (29). Entre os temas abordados estão algumas adequações no estatuto da entidade, segundo as exigências do artigo 18-A DA LEI 9.615/98. 

 

Mais Notícias
Comentários
 
Destaque
 
Nossos Ídolos
Histórias do Handebol Mineiro. Saiba mais.
 
 
 
Home Federação Filiados Arbitragem Competições Ídolos / História TJD Fale com a Federação